global plataforma de jogos -Em visita ao Rio, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou na última quinta-feira (10) a porta

Lula assina portglobal plataforma de jogos -aria para reverter desmonte do

Em visita ao Rio,global plataforma de jogos - o presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou na última quinta-feira (10) a portaria para aumentar o número de voos no Aeroporto Internacional do Galeão. A medida atende a uma solicitação do prefeito Eduardo Paes para evitar que o Galeão continue operando com movimento muito abaixo de sua capacidade.

Continua após publicidade

Leia mais: Governo vai reduzir fluxo do aeroporto Santos Dumont contra esvaziamento do Galeão, no Rio

No ano passado, a movimentação de passageiros no Galeão foi de apenas 5,9 milhões enquanto sua capacidade anual é de 37 milhões. Já o Aeroporto Santos Dumont, que fica na região central da cidade, registrou mais de 10 milhões de embarques e desembarques. No site da Infraero constava que o Santos Dumont tinha capacidade de atender até 9,9 milhões de passageiros por ano.

"Não era preciso ser engenheiro ou gestor para saber que não tinha sentido o Aeroporto do Galeão ficar paralisado porque as pessoas, por comodidade, preferem sair do Santos Dumont. O Galeão foi construído para ser o aeroporto internacional, a entrada de qualquer estrangeiro que quisesse vir para o Brasil", afirmou o presidente Lula.

:: Lula recria meme da cantora Anitta ao anunciar investimento bilionário no BRT carioca ::

A portaria deve ser adotada em caráter de urgência, a partir do dia 2 de janeiro de 2024, para permitir a adequação das malhas das empresas aéreas, minimizando, assim, o impacto sobre os passageiros. Ela determina a redução de voos no Santos Dumont.

Mais empregos

De acordo com a resolução, as operações no Santos Dumont devem ser planejadas observando a distância máxima de 400 quilômetros de seu destino ou origem, em aeroportos de voos domésticos.

Segundo a Infraero, serão implantadas áreas de escape na pista do aeroporto, visando a segurança operacional dos voos, levando em conta que o Santos Dumont é limitado, geograficamente, pela Baía de Guanabara.

"Uma cidade como o Rio, sem um aeroporto internacional, é uma cidade fadada a se transformar num balneário charmoso. O voo internacional só vai onde tem voo doméstico, porque assim pode se deslocar pelo país. A briga não é contra o Santos Dumont em favor do Galeão, é uma questão de equilibrar o jogo que só fez mal ao Rio de Janeiro", disse o prefeito Eduardo Paes.

:: Governo relança PAC sob expectativas de investimento e dúvidas sobre orçamento ::

Estudos feitos pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação e Simplificação (SMDEIS) desde 2021 apontam que, entre 2019 e 2022, o Aeroporto Internacional Tom Jobim registrou uma queda de 58% do fluxo de passageiros, ficando em 10º lugar no ranking de movimento de passageiros, em 2022, no país.

Estimativas da Secretaria apontam que a mudança pode gerar, ao longo de 10 anos, R$ 50,6 bilhões para a economia do Estado e mais de 680 mil empregos.

Fonte: BdF Rio de Janeiro

Edição: Eduardo Miranda


Relacionadas

  • Presidente Lula recria meme da cantora Anitta ao anunciar investimento bilionário no BRT carioca

  • Governo vai reduzir fluxo do aeroporto Santos Dumont contra esvaziamento do Galeão, no Rio

  • Privatizações de aeroportos fracassam e devem virar dívida para governo

Outras notícias

  • Alerj cria comissão parlamentar para incentivar reativação de malha ferroviária de carga do RJ

BdF
  • Quem Somos

  • Parceiros

  • Publicidade

  • Contato

  • Newsletters

  • Política de Privacidade

Redes sociais:


Todos os conteúdos de produção exclusiva e de autoria editorial do Brasil de Fato podem ser reproduzidos, desde que não sejam alterados e que se deem os devidos créditos.

Visitantes, por favor deixem um comentário::

© 2024.sitemap